Uma História de Talento

Esta história começou para 37 jornalistas no dia 7 de fevereiro de 2011 e não tem previsão de acabar!
Uma "História Viva" que se construiu a cada dia, sempre vai deixar saudade e reuniu num mesmo endereço da rua Pedro Ivo, no centro de Curitiba, o eco de sotaques vindos do interior do Estado, Santa Catarina, São Paulo, Pará, Amapá, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro e Minas Gerais.
Estes são os Talentos Jornalismo GRPCOM 2011

domingo, 12 de junho de 2011

Perfil de Talento - Gabriel Hamilko

Ele sentava no ladinho direito das aulas, pertinho da porta, com os fieis companheiros Elen Canto e Luiz Bartelli. Com a turma de talentos na hora do almoço, gostava sempre de conversar e atualizar sobre as novidades do curso.
Quietinho e muito trabalhador, fez sucesso logo na redação da Gazeta do Povo e, foi assim, parar no Globo Esporte.com.
A paixão pelo jornalismo fica evidente na entrevista abaixo, realizada por e-mail. O palco do Jornalistas de Talento é hoje todinho do Gabriel Hamilko.


Porque você escolheu ser jornalista?
Perguntinha básica, né?! Ser jornalista é algo que sempre esteve nos meus planos. Desde quando era pequeno e visitava a redação do Jornal do Estado, em que meu pai trabalhava como diagramador. Gostava daquela 'loucura' toda. Portanto, já entrei no Ensino Médio sabendo o que eu queria.
1990
Como foi a experiência na Gazeta?
Foi maravilhosa, principalmente com a genial equipe de Esportes. Foi uma experiência incrível e que realizou um sonho de qualquer jornalista da província. O pessoal entende de esportes e eles foram a minha ponte para hoje estar no Globoesporte.com, que é outra grande fonte de informação dos esportistas e boleiros do Brasil.
Conte sobre uma história da sua infância.
Na correria aqui só me lembro em continuar a história da primeira pergunta e que tem a ver com a nossa dura profissão. Quando pequeno, sempre me empolgava com a produção de um jornal ou um livro. Então fazia pequenos jornais, com notícias "bobas" do dia e pedia para o meu pai levar para o jornal, para imprimir. Na época tinha uns sete anos.
1993: Formatura do Jardim II
Um sonho
Viver em mundo justo.

Um segredo
Humm, deixa eu ver, segredo é segredo, né?!

Uma paixão
Aliar leitura e história. Outra paixão é assistir filmes e seriados. 

Fale sobre algumas viagens da sua vida. O que te acrescentaram?
Não viajei tanto assim. Gosto muito de mar. Não posso ficar muito tempo sem dar uma olhada ou sentir a brisa fresca, principalmente no verão. A viagem mais longa foi, recentemente, para Paris. Me acrescentou uma "cambada de coisa", principalmente em conhecer um pouquinho da história na prática.

Qual característica da sua personalidade você mais gosta
Ser um cara que quando quer corre atrás.

Quais são seus principais gostos?
Gosto muito de assistir algo construtivo, como documentários, filmes, seriados e por aí. Leitura é uma outra coisa que gosto muito, principalmente em variar entre um romance e um livro reportagem. 

Fale um pouquinho sobre o que espera da nova experiência com o esporte.
Espero dar conta. Sempre gostei de acompanhar, não só o futebol, mas esportes em geral. Fui um piá que nas Olimpíadas parava tudo e acompanhava momento a momento. Sempre sonhei em cobrir um grande evento esportivo. No futebol, nunca fui um viciado. Sempre estive por dentro do básico.  

Como você espera o futuro?
Espero um futuro tranquilo e com várias conquistas. Tenho algumas metas pessoais, faz parte para continuarmos batalhando e sonhando.
2011: Após o trainee GRPCOM
Uma mensagem para deixar para a posteridade e a prosperidade
Foi bacana participar desse grupo variado. O ano de 2011 está sendo diferente. Arrisquei tudo para entrar no trainee e em certos momentos achei que tinha colocado tudo a perder. Nos momentos difíceis a gente observamos são os verdadeiros amigos e com certeza ganhei muitos nessa equipe maravilhosa. Muitos que quero manter contato e sair para bater um papo e ajudar quando for preciso!

Um comentário:

  1. Só faltou falar do nosso jornalismo de dados. HAHAHA ;] Boa sorte, amigo!

    ResponderExcluir